Tag Archive baku 2018

Hamilton - Baku 2018

Red Bull e sorte dão a Hamilton a primeira vitória do ano e a liderança do campeonato

O lugar é lindo, em certas partes a pista até é bacaninha, mas a verdade é que precisa acontecer muita bobagem para que o grande prêmio do Azerbaijão tenha graça. E, neste domingo, aconteceu.

Esfregando rodas desde a volta 8, os dois pilotos da Red Bull, em 4º e 5º até então, acabaram se encontrando na 40. Ricciardo aproveitou o vácuo e tentou a manobra, Verstappen se defendeu como pode e foi atropelado no fim da maior reta da F1 pelo companheiro de time. A FIA responsabilizou ambos, mas, desta vez, o boa praça do australiano foi otimista além da conta. Se tivesse que apontar um culpado, mas comissário não sou, seria o Ricciardo.

O fato é que esse acidente fez com o que o Safety Car fosse acionado e isso mexeu com as estratégias de todos os pilotos.

Bottas aproveitou e realizou o seu primeiro pit stop na corrida – volta 41!! – e se manteve na ponta que tinha herdado de Vettel quando o alemão parou. O próprio Vettel aproveitou e fez uma segunda troca de pneus, seguido por Hamilton. Ambos estavam com pneus macios, que rendem menos, demoram mais para aquecer e que poderia fazê-los despencar na classificação. Os três calçaram pneus ultramacios, os mais rápidos do fim de semana.

Antes da relargada, sozinho, aquecendo pneus, Grosjean conseguiu bater em linha reta, o que retardou a retirada do carro de segurança. Se restava alguma confiança ao francês, ela foi liquidada na 4ª corrida de uma temporada de 21 provas.

Na relargada, os três primeiros foram para o pau e quem se deu mal foi Vettel. O alemão forçou, fritou pneus, perdeu a curva e o pódio. “Era uma chance que eu tinha, óbvio que deu errado, mas eu precisava arriscar alguma coisa”, disse um determinado Vettel. E quer saber: merece aplausos! Como um dia disse Senna, dando um sermão em Jackie Stewart: se você vê uma chance e não tenta, você deixa de ser um piloto. E é isso mesmo. Isso pode fazer falta lá na frente? Óbvio. Mas eu não acredito em videntes.

As duas Mercedes se aproveitaram e assumiram a ponta, com Bottas à frente e o finlandês abriu de Hamilton rumo à vitória.

Mas faltando duas voltas, Bottas teve um furo de pneu que liquidou sua bela corrida. Hamilton então herdou a primeira posição e assumiu a liderança do campeonato.

Uma pena para Valtteri Bottas. O finlandês fez uma corrida impecável e muito superior a do badalado companheiro de time e tetracampeão, Hamilton. E o britânico reconheceu isso.

Assim que encostou o carro, Hamilton ao invés de se dirigir à sala pré pódio foi direto consolar o companheiro. “Eu me atrasei para o pódio foi porque corri para ver Valtteri. Pensei em ser um bom companheiro de equipe e tentar animá-lo e dizer ‘você fez um trabalho excepcional’, é um ato de respeito”, reconheceu Lewis, num misto de alegria pela vitória inesperada e tristeza pelo infortúnio do companheiro de equipe.

Além de Bottas, Alonso, Raikkonen e Perez – o finlandês e o mexicano foram ao pódio –  fizeram corridas excepcionais, mas o piloto do dia, que merece muitos aplausos é Charles Leclerc, da tartaruga Sauber. O estreante chegou na sexta posição. Bravo!

A próxima corrida é na Espanha, no dia 13 de maio.

Tags, , , , , ,