Nissan lança Sentra SE 2013

Nissan lança Sentra SE 2013

Nissan acaba de lançar o Nissan Sentra SE 2013. O Sentra é um carro justo. Sem extravagâncias, sem design super moderno. Aparentemente ele deseja fisgar os consumidores mais “conservadores”. E predicados para isso ele tem. Um bom motor 2.0L 16v com 143cv, câmbio automático, direção elétrica, ABS, airbag duplo, e trio elétrico. Enfim, o que um sedan desse porte tem que ter para tentar sobreviver nesse mercado tão competitivo dos .

A versão SE (Special Edition) pode ser uma versão de despedida do modelo. Há rumores que uma nova versão pode aparecer por aqui em 2013. Segundo o site da montadora, o preço modelo SE parte de R$ 62.040.  Se você é fã do modelo, pode ser sua chance. Se não é, espere. Porque se um nova versão for mesmo lançada em 2013, você vai perder um bom dinheiro.

Chegou o Toyota compacto brasileiro

No último dia 17, a Toyota mostrou à imprensa a seu primeiro compacto feito em nossa terra. Quem esperava um carro com as linhas, mais, digamos, “modernas”, como as usadas em alguns modelos da marca como Yaris ou Prius, se deu mal. Para mim o modelo é uma salada mista francesa. A frente me lembra o Renault Symbol, a traseira o Renault Logan. Como diz um famoso filme brasileiro: “O inimigo agora é outro”, ou outros. O novo compacto da Toyota chegou para ser o carro de entrada da marca. Os inimigos? Ahh esses são bem declarados: Renault Logan, Chevrolet Cobalt e Nissan .

Design bonito? Charmes e mimos? Ahh isso é coisa do passado. Os três modelos citados estão vendendo bem no Brasil, e deixaram claro que existe um público ávido por carros que custem pouco, tenha um bom espaço interno e um ótimo porta mala (os taxistas agradecem). Montado na unidade de Sorocaba (SP), o “simpático” Toyota contará inicialmente com a versão hatch. O sedã deve chegar em 2013. Trazendo desde a versão mais básica airbag duplo, os preços devem começar em R$ 29,900, versão hatch 1.3 flex (90cv ) e chegar aos R$ 44,600 na versão sedan, com motor 1.5 (97cv).

Prometo que quando a Toyota me emprestar um, eu coloco aqui a minha análise.

O HB20 está chegando o Gol que se cuide

hb20_teste

Dia 10 de outubro. Esta é a data oficial para lançamento do primeiro Hyundai Brasileiro, o HB20. Montado em Piracicaba (SP), sim, montado porque o conjunto motor e câmbio vem importado da Coreia do Sul. O modelo promete mexer, e muito, com o mercado dos hatches compactos. Segmento dominado pelo VW Gol há mais de 20 .

Atrativos? O pequeno coreano tem medidas semelhantes às do líder do mercado. E deve trazer em todos os seus modelos ítens como ar-condicionado, direção hidráulica e airbag duplo. Já os freios ABS serão opcionais. O modelo contará inicialmente com duas opcoes de motor. O 1.0 12v, de 3 cilindros e 80 cv; com preços que partem de R$31,900 e o 1.6 16v de 128cv. A versão mais potente deve ter seus preços começando na faixa dos R$36.000.

TESTE: Citroen DS3 pequeno leve e turbinado

Seguindo a proposta deste site de fazer testes e falar a verdade, confesso que me decepcionei quando vi o pequeno DS3 que me esperava na loja. Na TV, ele parece muito maior. Comentei com o vendedor que o carro parecia menor que o seu irmão caçula, o Citroen C3, e ele me respondeu que “agora o C3 deu uma crescida”. Não sei se ele encheu a bola de um ou diminuiu a do outro, mas tudo bem. O design do modelo agrada, inspirado em um tubarão, como o nome mesmo diz, “Shark Desing”, traz faróis angulados e leds na posição vertical. A verdade é que ele é pequeno, em comprimento e largura, baixinho (como um bom esportivo), possui rodas grandes e largas (aro 17, 205/45/17 ), câmbio manual de seis velocidade e um motor 1.6 litro turbinado que rende 165 cv. Nada mal para um carro que pesa apenas 1.165kg. Se restava alguma dúvida, essa acabou quando sentei no banco de couro em formato esportivo, imitando os banco concha dos carros.

No quesito segurança o pequeno está bem servido. Segundo o vendedor, o carro conta com quatro airbags, dois frontais e dois laterais, para motorista e carona. Mas pesquisando no site, descobri que na verdade são seis. Ele conta também com dois airbags de cortina, que protegem também os passageiros do banco traseiro. E como não podia faltar, ele vem de série com freios ABS (anti travamento), ASR e ESP (controle de tração e de estabilidade).

O ESP merece nota. Num carro turbinado podem acontecer deslizes. Sim, porque quem compra um carro esportivo espera um bom desempenho dele, acredito que a maioria pense assim. Então o ESP é uma espécie de “anjo da guarda”. O motorista, por exemplo, pode se empolgar com o motor esperto e entrar numa curva rápido demais, achando que é um piloto de F1. Nessa hora o carro pode sair de lado, e se perder o controle. É aí que o ESP “dá uma mãozinha”. Ele diminui a aceleração de carro (mesmo com você pisando fundo) e freia as rodas, para trazer você de volta à realidade e ao caminho certo. Você é avisado pelo símbolo amarelo no painel, que é como se fosse são mãe falando para você quando era criança: “menino não faz isso que você vai se machucar”.

Animado com esse esportivo? Então pode chamar uma gata ou um amigo para andar confortavelmente com você, porque apesar do manual do veículo dizer que ele comporta cinco passageiros, os ocupantes do banco traseiro vão passar um aperto. É mais prudente levar dois adultos, ou três crianças. E quem disse que carro esportivo não combina com família? Esse Citroen traz de série o sistema ISO-FIX, que facilita a instalação de cadeirinhas de criança. Viu, já tem um argumento para convencer a patroa que torrar mais de R$ 80 mil num carro pequeno, que mal leva quatro adultos, é um bom negócio. Falando em preço, o carro testado por mim custa R$ 83 mil.

E vamos para a rua. O esportivo francês ainda é novidade e atrai olhares por onde passa. É só dar um leve toque no acelerador que o pequeno logo mostra as garras. O motor enche rápido e ele ganha velocidade com facilidade. O vendedor disse que propulsor de 1.6L foi escolhido por ser econômico, o que permite ao carro fazer a invejável marca de 10km/l. Na boa, do jeito que eu acelerei, se ele tiver feito 6 km/l merece os parabéns. O dia estava nublado e chuviscando um pouco, legal para ver o sensor de chuva do modelo em ação. Para falar a verdade, eu acho que o limpador de para-brisa começou a funcionar antes da hora. Sabe quando o vidro ainda não está bem molhado e o limpador fica se arrastando? Foi isso que aconteceu, mas quem sou eu para discutir com a tecnologia francesa. Mas nem tudo são flores. Descobri isso quando perguntei ao vendedor como é o acionamento do rádio e do piloto automático. “Muito simples, ficam na coluna atrás do volante”,respondeu ele. Não acreditei. Itens que deveriam ficar “a mão” ficam escondidos num “comando satélite na coluna de direção”. Que praticidade! Estou no meu esportivo a 110 km/h e preciso desviar o olhar da pista, e do volante, para procurar os comandos “escondidos”.

Eu fiz pequenos circulos vermelhos para que vocês vejam onde ficam os tais comandos

Desisti. Não quis nem testar algo assim. Parabéns Citroen, tomara que não façam isso com mais carros esportivos! Se você está dirigindo o seu turbinado, você prefere ter seus comandos no volante, ou num “comando satélite na coluna de direção”? Para ter uma boa comparação, vejam os volantes do  Audi A1 e do Cooper S.

Gosto é gosto, eu sei. Mas parece que alemães e britânicos concordam comigo. Por que escolhi esses dois modelos para comparar? Porque, segundo o vendedor da Citroen, o DS3 veio da França para encarar o Audi A1 (preço inicial: R$94.900) e o Mini Cooper S ( que parte de R$128 mil). Acho que para entrar nessa briga, é preciso vir preparado.

GM Onix será apresentado dia 21 de Outubro

Está confirmado. O novo Chevrolet Onix será apresentado à imprensa no dia 21 de Outubro, às vésperas da abertura do Salão do Automóvel de SP. O local da apresentação ainda é segredo. Num Evento que contará com os novatos no mercado, Toyota Etios e Hyundai HB20, é bom tentar aparecer um pouquinho antes. O Onix será produzido na fábrica da marca em Gravataí (RS), e promete trazer itens que “revolucionarão o mercado de carros compactos”. Como um sistema de conectividade batizado de MyLink, tela LCD (tomara que tenha algo nela além do rádio) e uma caixa de câmbio automática de seis velocidades – essa sim, será uma grande novidade – o Onix me deixou .

Assim que possível, vou querer testar. Acredita-se que o novo modelo da Chevrolet chegue com preços na faixa dos R$ 30 mil. Então, além de Etios e HB20, ele vai ter que enfrentar versões de: Gol, Palio e do sucesso de vendas nipônico, o Nissan March.